Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4609
Título: No cotidiano da inovação e a inovação no cotidiano da prática pedagógica em educação física
Autor(es): Silva, Mauro Sérgio da
Orientador: Bracht, Valter
Data do documento: 15-Set-2008
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Esta dissertação tem como objetivo compreender como é construída uma prática pedagógica que busca romper com a tradição da Educação Física por meio da reconstrução da cultura escolar dessa matéria de ensino. Além disso, almeja proporcionar a essa experiência maior visibilidade acerca das possibilidades construídas para as aulas de Educação Física. Trata-se de um estudo de caso de caráter etnográfico, realizado com uma professora da Rede Municipal de Ensino de Vitória-ES que busca reconstruir a cultura escolar da Educação Física. Como instrumentos de coleta de dados foram utilizados: diário de campo, entrevistas, gravações de diálogos, fotografias e vídeos. A prática pedagógica apresentada e discutida nessa pesquisa é caracterizada pela preocupação em democratizar o conhecimento abordado nas aulas de Educação Física, proporcionando, por meio do processo de aprendizagem-ensino, a ampliação do acervo dos estudantes em relação aos temas de estudo da cultura corporal de movimento. A professora busca construir uma mudança de significado do fazer Educação Física, onde são contempladas as dimensões do saber-fazer, o saber-sobre-o-saber-fazer e o saberrelacionar-se. Enfoca também, a criatividade da professora ao enfrentar as resistências e conflitos despertados por essa prática. Observamos que a busca por reconhecimento profissional e uma relação amorosa, constituíram referências para o desenvolvimento das aprendizagens de maneira contextualizada e coerente com a realidade escolar. A aula de Educação Física na prática investigada constitui-se num encontro social no qual são vividos sensações e sentimentos positivos e/ou negativos que geram conflitos, sendo tais conflitos mediados pela relação de carinho e respeito mútuo construída entre estudantes e professora. A teoria do reconhecimento de Honneth (2003a) foi por nós utilizada como alternativa para a análise das questões levantadas a partir da prática. Procuramos com esse trabalho proporcionar maior visibilidade às práticas construídas num contexto escolar favorável ao compartilhamento de idéias, no qual o diálogo crítico e colaborativo incita novas possibilidades para que as práticas possam ser pensadas e aperfeiçoadas a partir da reflexão coletiva.
This essay aims to understand how a pedagogical practice is built which seeks to break with the tradition of Physical Education with the means of the reconstruction of the school culture of this teaching subject. Besides, it searches to provide to this experience a greater visibility about the possibilities built for the Physical Education classes. It discusses a case study of ethnographic nature, done with a teacher of the Education Municipal System of Vitória-ES who seeks to reconstruct the school culture of Physical Education. Some instruments of data collection were used, such as: field diary, interviews, dialogue records, photographies and videos. The pedagogical practice presented and discussed in this research is characterized by the preoccupation in democratizing the knowledge dealt with in the Physical Education classes, providing through the learning-teaching process, the enlargement of the heritage of the students concerning the study themes of the movement body culture. The teacher seeks to build a change in meaning of doing Physical Education, being mentioned the dimensions of knowing-how to do, knowing-about-the-how to do and to know-how-to relate. It also focuses the teacher‟s creativity in facing the resistances and conflicts arisen by such practice. We noticed that the search for professional recognition and a loving relation, constituted references for the development of the learnings in a contextualized and coherent manner with the school reality. The Physical Education class in the investigated practice constitutes itself in a social meeting when sensations and positive and/or negative feelings are lived and generate conflicts, such conflicts are mediated by the tender and respectful relation between both students and teacher. We used Honneth‟s recognition theory (2003) as an alternative for an analysis of issues emerged from the practice. We aim with this research to provide a greater visibility to the practices built in a school context favorable to the sharing of ideas, in which the critical and collaborative dialogue arouses new possibilities for the practices can be thought and improved from the collective reflection.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/4609
Aparece nas coleções:PPGEF - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_2669_MAURO SERGIO DA SILVA.pdf2.54 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.