Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7173
Título: O ensino em valores nos dispositivos curriculares para a educação física : das intencionalidades às prescrições didáticas (1996-2016)
Autor(es): Freitas, Matheus Marin de
Orientador: Santos, Wagner dos
Palavras-chave: Ensino em valores
Educação Física
Dispositivos curriculares
Data do documento: 30-Nov-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Neste estudo investigamos como o ensino em valores tem sido proposto para a Educação Física escolar a partir de documentos curriculares vinculados às Secretarias Estaduais de Educação no território brasileiro, elaborados entre 1996 e 2016. Desse modo, organizamos três capítulos que dialogam entre si e que possuem uma abordagem plurimetodológica qualitativa/quantitativa. No primeiro capítulo, produzimos um levantamento dos documentos curriculares, apresentando e analisando suas características de elaboração e implementação. Ao alcançar 68 documentos, demos visibilidade à procedência anual e territorial, as etapas da educação que se direcionam, seus conteúdos, suas nomenclaturas, além de seus aspectos autorais e de implementação. No segundo capítulo, a partir do que foi proposto para a Educação Física nesses materiais, enunciamos suas intencionalidades quanto ao ensino em valores a partir da indicação das terminologias empregadas para esse ensino e o lugar em que ele aparece no currículo. Além disso, com o auxílio do software Iramuteq, após selecionar frases associadas aos valores, destacamos os vocábulos mais recorrentes, os classificando por meio da nuvem de palavras e análise de similitude. No terceiro capítulo, do total de documentos, analisamos aqueles que, além de apresentarem conteúdos destinados às aulas de Educação Física, forneceram possibilidades de seu ensino via prescrições didáticas, materializadas em aulas, temas, projetos e atividades, por exemplo. Por meio desses documentos, expomos os tipos de prescrições didáticas existentes e problematizamos como foram orientadas/organizadas as sistematizações para o ensino em valores. Os dados evidenciaram um crescente investimento em políticas públicas na produção desse tipo de material, em especial a partir da segunda metade da década de 2000. Quanto aos valores, verificamos que esses currículos expressam seu ensino sobretudo pelos termos valores e atitudes, conteúdo atitudinal e por expressões associadas com a afetividade, materializados em especial nas competências e habilidades. Por fim, quanto à sua sistematização, observamos um destaque para o ensino em valores que leva mais em consideração a verbalização, atribuindo pouca ênfase na experiência corporal dos sujeitos.
In this study we investigate how teaching in values has been proposed for the School Physical Education from curricular documents linked to the State Secretariats of Education in the Brazilian territory, elaborated between 1996 and 2016. Thus, we organized three chapters that dialogue among themselves and that have a qualitative/quantitative pluri-methodological approach. In the first chapter, we produced a survey of curriculum documents, presenting and analyzing their design and implementation characteristics. By reaching 68 documents, we gave visibility to the annual and territorial origin, the education stages that are directed, their contents, their nomenclatures, as well as their copyright and implementation aspects. In the second chapter, from what was proposed for Physical Education in these materials, we enunciate their intentions regarding teaching in values from the indication of the terminologies used for this teaching and the place in which it appears in the curriculum. In addition, using Iramuteq software, after selecting sentences associated with the values, we highlight the most recurrent words, classifying them by word cloud and similarity analysis. In the third chapter, of the total of documents, we analyzed those who, in addition to presenting the contents to be worked in Physical Education classes, provided possibilities of their teaching via didactic prescriptions, materialized in classes, themes, projects and activities, for example. Through these documents, we present the types of existing didactic prescriptions and discuss how the systematizations for teaching in values were oriented / organized. The data evidenced a growing investment in public policies in the production of this type of material, especially from the second half of the decade of 2000. As for the values, we verified that these curricula express their education mainly by the terms values and attitudes, attitudinal content and by expressions associated with affectivity, embodied in particular in competences and abilities. Finally, with regard to its systematization, we observe a prominence for teaching in values that takes more into account the verbalization, assigning little emphasis on the subjects' body experience.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7173
Aparece nas coleções:PPGEF - Dissertações de mestrado



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.