Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7180
Título: Avaliação de parâmetros isocinéticos da articulação do ombro de atletas de basquete em cadeira de rodas : há correlação com a classificação funcional?
Autor(es): Oliveira, Hudson Renato de Paula
Orientador: Vancini, Rodrigo Luiz
Data do documento: 6-Out-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: INTRODUÇÃO: O basquetebol em cadeira de rodas (BCR) é um dos esportes paralímpicos mais populares na atualidade. Dentre os benefícios de sua prática podemos citar a melhora da função e capacidade física, dos níveis de força muscular e da qualidade de vida de forma geral. OBJETIVO: Avaliar parâmetros isocinéticos (PI) da articulação do ombro de atletas de BCR e correlacionar com os níveis de classificação funcional (CF). MÉTODOS: Trata-se de um estudo transversal, numa amostra por conveniência composta de 22 atletas de BCR (12 homens e 10 mulheres) com diferentes tipos de lesão e afecções. Para as avaliações isocinéticas utilizamos um dinamômetro eletromecânico. A articulação avaliada foi a do ombro nos lados dominante (D) e não dominante (ND) nas velocidades angulares de 60 e 240°/s-1 em rotação interna e externa. A classificação funcional dos atletas foi determinada de acordo com parâmetros (testes funcionais, avaliações médicas e avaliações em situações de jogo) utilizados internacionalmente pelo comitê paralímpico internacional (IPC) e international wheelchair basketball federation (IWBF). RESULTADOS: Nossos principais achados foram que nenhumas das variáveis relativas, uma forte associação à 60°/s-1 e à 240°/s-1 . No entanto, na velocidade de 240°/s-1 foi possível observar uma tendência positiva moderada na variável relativa TPTQ-D-RE (r = 0,5) e na variável relativa IF-D-RI (r = - 0,5) uma associação negativa moderada. CONCLUSÃO: A CF dos atletas de BCR não se correlacionou de forma expressiva com PI da articulação do ombro. No entanto, tendo em vista a ampla variabilidade de fatores (tipo de lesão, etiologia,nível da lesão, tempo de lesão, gênero e etc...), a interpretação dos nossos achados precisa ser feita com cautela. Estudos futuros, realizados em amostras mais homogêneas talvez possam produzir resultados mais satisfatórios.
Wheelchair basketball (WB) is the most popular paralimpic sports. Among the benefits of its practice, we can mention an improvement in function and physical capacity, strength and quality of life in general. To evaluate isokinetic parameters (IP) of the shoulder joint in WB athletes and to correlate with sport class (SC). METHODS: This was a cross-sectional study, a convenience sample of 22 WB athletes (12 men and 10 women) with different types of injuries and affections. For the isokinetic evaluation, an electromechanical dynamometer is used. A joint evaluated for the shoulder on the dominant (D) and non-dominant (ND) sides at angular velocities of 60 and 240 ° / s-1 in internal rotation (IR) and external rotation (ER). A SC was determined according to the parameter (functional tests, medical evaluations and evaluations in game situations), International Paralympic Committee (IPC) and international federation of wheelchair basketball (IWBF). RESULTS: Our main findings, which are a strong association at 60 ° / s -1 and at 240 ° / sec -1. (R = 0.5) and in the relative variable work fatigue -D-IR (r = -0.5). However, at the velocity of 240 ° / s -1 for a time to peak torque -D-ER a moderate negative association. CONCLUSION: The SC of the WB athletes did not correlate expressively with IP of the shoulder joint. However, in view of a wide variability of factors (type of injury, etiology, level of injury, time of injury, gender etc.), an interpretation of our findings needs to be made with caution. Future studies, performed on more homogeneous samples to produce more satisfactory results.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7180
Aparece nas coleções:PPGEF - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_10839_2017_FINALDISSERTAÇÃO_HUDSON (1).pdf1.38 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.