Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7276
Título: A valorização do desejo feminino como via de inclusão escolar da aluna grávida e puérpera : um estudo a partir da filosofia e psicanálise
Autor(es): Souza, Maria Cecilia de
Orientador: Della Fonte, Sandra Soares
Palavras-chave: Gravidez na adolescência
Evasão escolar
Afetos
Desejo
Teenage pregnancy
School evasion
Affections
Desire
Data do documento: 14-Out-2014
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: A gravidez na adolescência ocorre com frequência, sobretudo entre adolescentes de 15 a 19 anos pertencentes aos estratos sociais mais baixos. Esse fenômeno tem impacto no processo de escolarização desse público e, muitas vezes, culmina na incidência da evasão escolar. Através de uma pesquisa-ação, nos aproximamos da realidade de uma escola pública de ensino fundamental do município de Vitória/ES a fim de compreender e interferir na forma como alguns sujeitos escolares lidam com os sentimentos envoltos na ocorrência da gravidez entre as alunas. Percebemos que não é comum que a comunidade escolar se preocupe com os impactos subjetivos da gravidez, parto e puerpério. Por outro lado, ficou evidente que são numerosas as vivências emocionais dessas alunas. Essas experiências influenciam no modo com o qual elas atravessam o período perinatal e têm repercussões incisivas na sua vida escolar. O abandono da escola se deve a uma conjunção de fatores subjetivos e objetivos que vão desde preconceitos, dificuldade em lidar com os afetos à desassistência por projetos e políticas públicas voltadas para a permanência de alunas em período perinatal na rede pública de ensino. Com o trabalho, pretendemos apontar para a importância da construção de práticas pedagógicas atentas à afetividade da educanda em período perinatal e para a necessidade de investimento do Estado em políticas educacionais de suporte à aluna grávida e puérpera.
Teenage pregnancy often occurs, especially among adolescents between 15 to 19 years old, from lower social-economic levels. This phenomenon has an impact on the education process of this group and often results in school evasion. Through an action-research, we approach the reality of a public primary school in the city of Vitória/ES in order to understand and intervene in the way some school subjects deal with the feelings involved in the occurrence of pregnancy among students. We found that the school community is not commonly concerned about the subjective impact of pregnancy, giving birth and puerperium. On the other hand, it became evident that there students go through numerous emotional experiences. These experiences influence the way in which they cross the perinatal period and have incisive impact on their school life. The school dropout is due to a combination of subjective and objective factors ranging from prejudice, difficulty dealing with the affections and the lack of assistance from government projects and policies for the retention of students in the perinatal period in the public educational system. With this study, we intend to point out the importance of building pedagogical practices attentive to the emotions of a pupil in the perinatal period and the need for state investments in support educational policies for the pregnant and postpartum student.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7276
Aparece nas coleções:PPGEF - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_8543_dissertacao- MARIA CECILIA.pdf1.98 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.