Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7888
Título: Antagonista do receptor tipo AMPA reverte a modulação pré-frontal induzida pela estimulação epidural por corrente contínua na memória operacional espacial
Autor(es): Martins, Cleciane Waldetário
Orientador: Rodrigues, Lívia Carla de Melo
Coorientador: Palacios, Ester Miyuki Nakamura
Data do documento: 25-Ago-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: MARTINS, Cleciane Waldetário. Antagonista do receptor tipo AMPA reverte a modulação pré-frontal induzida pela estimulação epidural por corrente contínua na memória operacional espacial. 2016. 74 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Fisiológicas) - Programa de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas, Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2016.
Resumo: A modulação da excitabilidade no córtex pré-frontal (CPF) pela estimulação elétrica por corrente contínua melhora as funções cognitivas. No entanto, a compreensão dos seus mecanismos subjacentes permanece desconhecida. Objetivo: Investigar o envolvimento de receptores glutamatérgicos do tipo ácido α-amino-3-hidróxi-5-metil-4-isoxazol propiônico (AMPAR) nos efeitos da estimulação epidural por corrente contínua (EECC) na memória operacional espacial de longo prazo. Métodos: Ratos treinados previamente no labirinto radial de 8 braços (LR-8) receberam a administração aguda intraperitoneal (IP) do antagonista AMPAR, perampanel (PRP, 1 mg / kg) ou seu veículo (VEH) antes de executar tarefas com retardo de 4 horas. Esses testes com PRP ou VEH foram realizados antes e depois de sessões repetitivas de EECC anódica (400 mA, 13 minutos) uma vez por dia ao longo de cinco dias consecutivos ou por estimulaçao simulada (sham), sobre o CPF medial esquerdo, local de implante dos eletrodos. Resultados: Os animais tratados com PRP (n = 27) apresentaram maior número de erros (p <0,01) no teste pós-retardo de 4 horas comparados ao grupo VEH (n = 26). Após as sessões de EECC, os animais tratados com VEH (n = 13) apresentaram menor número de erros no desempenho do pós-retardo de 4 horas no LR-8 comparados ao grupo VEH/sham (p = 0,05, n =12) e PRP/EECC (p = 0,001, n = 13). Os animais que receberam PRP/EECC tiveram maior número de erros (p = 0,025) comparados ao grupo PRP/sham (n = Conclusões: O antagonismo dos AMPARs prejudicou a memória operacional espacial e bloqueou os efeitos facilitatórios da estimulação elétrica contínua anódica aplicada sobre o CPF medial esquerdo. Portanto, a modulação cognitiva pré-frontal pela estimulação por corrente direta parece ser altamente dependente da atividade de receptores do tipo AMPA.
The modulation of the prefrontal cortex (PFC) excitability by direct current stimulation improves cognitive function. However, the underlying mechanisms remains unknown. Here we investigated the involvement of glutamate α-amino-3-hydroxy-5-methyl-4- isoxazole propionic acidreceptors (AMPARs) on the effects of repetitive epidural direct current stimulation (eDCS) on long-termed spatial working memory. Methods: Well-trained rats in 8-arm radial maze (8-RM) procedures received acute intraperitoneal (IP) administration of the AMPAR antagonist, perampanel (PRP, 1 mg/kg) or its vehicle (VEH) before performing 4-h delayed tasks in 8-RM. This drug intervention was performed before or after repetitive (once daily, five consecutive days) anodal eDCS (400 µA, 13 minutes) over the left medial PFC or sham procedure. Results: Animals treated with PRP (n = 27) showed larger number of errors (p < 0.01) in the 4-h post-delayed performance compared to those treated with VEH (n = 26). After the repetitive eDCS, animals treated with VEH (n = 13) presented smaller number of errors in the 4-h post-delay performance compared to animals receiving VEH after sham (p = 0.05, n = 12) and those receiving PRP after eDCS (p= 0.001, n = 13). These animals receiving PRP after eDCS showed larger (p = 0.025) number of errors when compared to those treated with PRP after sham (n = 12). Conclusions: AMPARs antagonism disrupted the spatial working memory and reversed the facilitating effects of the eDCS applied over the medial PFC. Thus, the spatial working memory and the prefrontal cognitive modulation by the direct current stimulation are highly dependent on AMPARs activity.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7888
Aparece nas coleções:PPGCF - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_10275_Dissertação Cleciane Waldetário Martins.pdf10.16 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.