Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10132
Título: Hábitos de higiene bucal e a utilização dos serviços odontológicos em escolares
Autor(es): Zambaldi, Maiara Paula Malacarne
Orientador: Santos Neto, Edson Theodoro dos
Coorientador: Molina, Maria del Carmen Bisi
Data do documento: 19-Mai-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Este estudo avalia os fatores relacionados às práticas de higiene bucal e a utilização de serviços odontológicos em escolares, de sete a dez anos de idade, do município de Vitória- Espírito Santo (ES). Trata-se de um estudo seccional realizado com amostra probabilística por conglomerado de triplo estágio com população final de estudo de 1282 escolares. Os dados foram coletados por meio de formulário aplicado às crianças e questionário enviado aos pais/responsáveis para preenchimento e posterior devolução. Análises de Regressão Logística Multivariada foram conduzidas entre as características infantis, maternas e socioeconômicas com o desfecho relacionado à posse de escova dental própria e consulta odontológica uma vez na vida, determinantes do acesso aos serviços de saúde odontológicos. Por meio da análise de Regressão Multinomial Multivariada, testaram-se também associações entre as três situações possíveis da variável de práticas de saúde bucal (menos favorável, intermediária e mais favorável) com as características infantis, maternas e socioeconômicas. Os resultados obtidos demonstraram que a população de estudo foi composta em sua maioria pelo sexo feminino 744 (58,0%), com idade entre oito 359 (28,0%) e nove anos 360 (28,1%), matriculados na rede pública de ensino 1061 (82,8%). No modelo final de Regressão Logística permaneceram associadas à posse de escova dental própria as variáveis: idades de oito, nove e dez anos; tabagismo materno e consulta odontológica uma vez na vida. Quanto à consulta odontológica uma vez na vida, as variáveis associadas foram: idades de nove e dez anos; tipo de escola; quantidade de quartos e posse de escova dental própria. No modelo de Regressão Multinomial as variáveis associadas foram: peso ao nascer, morar com pai e mãe, consulta odontológica uma vez na vida, experiência de cárie e posse de escova dental. Conclui-se que fatores socioeconômicos e individuais estão relacionados tanto ao acesso à bens e serviços de saúde como com comportamentos de saúde.
This study evaluates the factors related to oral hygiene habits and the use of dental services in students aged seven to 10 years in the city of Vitória- Espírito Santo (ES). It is a cross-sectional study with a probabilistic sample of triple stage with final study population of 1282 children. Data were collect using a questionnaire applied to the children and a questionnaire sent to parents to fill out and return. Multivariate Regression Logistics analyses were conduct between children’s, maternal and socioeconomic characteristics with the outcome related to own a toothbrush and dental appointment once in a lifetime determinants of access to dental health services. Multinomial Regression Multivariate analyses also tested combinations between the three possible situations of oral health practices: less favorable level, intermediate level and more favorable level with children’s, maternal and socioeconomic characteristics. The results showed that the study population was composed mostly by women 744 (58.0%), aged eight 359 (28.0%) and nine years 360 (28.1%) and enrolled in the public school system 1061 (82.8%). In the final model of Logistic Regression, the variables that remained associated with own a toothbrush were ages of eight, nine and 10 years old; maternal smoking and dental appointment once in a lifetime. To the variable dental appointment once in a lifetime, the associated variables were ages of nine and 10 years old; type of school; number of rooms and own a toothbrush. In Multinomial Regression model, the associated variables were birth weight, living with father and mother in the same home, dental appointment once in a lifetime, cavity experience and own a toothbrush. This study proven that socio-economic and individual factors are related with access and oral health habits.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10132
Aparece nas coleções:PPGASC - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_9921_2014_Maiara Paula Malacarne Zambaldi.pdf2.1 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.