Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/10573
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorAmaral, José Augusto Teixeira do-
dc.date.accessioned2018-12-20T13:25:14Z-
dc.date.available2018-12-20-
dc.date.available2018-12-20T13:25:14Z-
dc.identifier.citationNASCIMENTO, Adriel Lima. Herança de caracteres e variabilidade genética de gerações segregantes do cruzamento entre genitores contrastantes de mamoeiro.2018. 110 f. Tese (Doutorado em Genética e Melhoramento) - Programa de Pós-Graduação em Genética e Melhoramento, Universidade Federal do Espírito Santo, Alegre, 2018.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/10573-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.subjectPlant breedingeng
dc.subjectAnalysis of generations.eng
dc.titleHerança de caracteres e variabilidade genética de gerações segregantes do cruzamento entre genitores contrastantes de mamoeiropor
dc.typedoctoralThesiseng
dc.subject.udc63-
dc.subject.br-rjbnMelhoramento vegetal.por
dc.subject.br-rjbnMamão.por
dc.subject.br-rjbnCruzamento (Genética)por
dcterms.abstractO mamoeiro (Carica papaya L.) é uma das culturas mais importantes e amplamente distribuída no Brasil com destaque no panorama de produção e exportação. Os pomares comerciais são sustentados por estreita base genética sendo uma das estratégias que podem ser utilizadas para aumento da variabilidade e a modificação da arquitetura das plantas. No banco de germoplasma da Caliman Agrícola S.A., há dois genótipos exploráveis pertencentes ao grupo Solo, sendo eles o Baixinho de Santa Amália (BSA), um mutante anão a partir de Sunrise Solo e o Golden Pecíolo Curto (GPC), cujas plantas adultas são altas e apresentam pecíolo e folhas de pequeno tamanho com coloração verde-clara. Com o trabalho, dividido em três capítulos, objetivou-se obter e explorar a variabilidade a partir do cruzamento dos genitores BSA e GPC com a finalidade de obtenção de novas cultivares. No primeiro capítulo, o trabalho teve o objetivo de quantificar a diversidade genética em população segregante de mamoeiro F2 composto de 92 plantas com base em descritores morfoagronômicos, por meio do procedimento Ward-MLM. Que permitiu identificar a formação coerente de 3 grupos. Sendo os genótipos pertencentes ao grupo I o mais promissor para a seleção voltada a arquitetura. E os descritores que mais contribuíram para a diversidade genética foram o comprimento do fruto (CFR), comprimento do pecíolo (CP), altura de inserção do primeiro fruto (AIPFR) e a massa do fruto (MFR). No segundo capítulo, com as linhagens parentais P1 (BSA) e P2 (GPC) e as gerações F1 e F2 e de retrocruzamentos RC1 e RC2, foram avaliadas as características altura de planta (APL), AIPFR, CP e largura máxima da folha (LMF), e submetidos a análise de gerações analisou-se e quantificou-se a variabilidade genética disponível, bem como a importância relativa dos efeitos gênicos que constituem as médias estimando parâmetros genéticos baseados nasmédias e variâncias. Onde verificou-se que o modelo aditivo-dominante explicou satisfatoriamente a herança das características e, a não ocorrência de epistasia, a interação alélica aditiva e de dominância parcial para APL e AIPFR onde o melhorista vai optar para estratégias de seleção e, para as características CP e LMFL, visto que as estratégias que tendem a apresentar mais eficiência no melhoramento são as que envolvem hibridações. No terceiro capítulo, foi estudada a variabilidade quanto a característica qualitativa de coloração das folhas determinando-se a herança como base às leis mendelianas, onde se avaliou as proporções fenotípicas em estudo realizado por análise das gerações P1 (BSA), P2 (GPC), F1, F2, RC1, RC2, RC2r e F2:3. Verificou-se que para a herança da coloração das folhas ocorre epistasia recessiva dupla, em que a coloração verde-claro do GPC é manifestada com a presença dos dois genes em homozigose recessiva e a coloração verde-claro dos segregantes da F2 e F2:3 ocorrem em função de um ou dois dos genes em homozigose recessiva.por
dcterms.abstractThe papaya (Carica papaya L.) is one of the most important and widely distributed crops in Brazil, with a focus on production and export. Commercial orchards are supported by a narrow genetic base and one of the strategies that can be used to increase variability is the modification of the plant architecture. In the germplasm bank of Caliman Agrícola SA, there are two exploitable genotypes belonging to the group "Solo", being the 'Baixinho de Santa Amália' (BSA), a dwarf mutant from 'Sunrise Solo' and 'Golden Pecíolo Curto' (GPC), whose adult plants are tall and have petioles and small leaves with a light green coloration. With this work, divided into three chapters, the objective was to obtain and to explore the variability from the crossbreeding of the 'BSA' and 'GPC' parents for the purpose of obtaining new cultivars. In the first chapter, the quantification of genetic diversity was carried out in a segregating population of papaya F2 composed of 92 plants based on morph agronomic descriptors, using the Ward-MLM procedure, being the descriptors fruit length, petiole length (PL), height of insertion of the first fruit (HIFF) and mass of the fruit, the ones that contribute most to the genetic diversity, making possible the coherent formation of three groups where the group I was the most promising for the architecture selection. In the second chapter, with the parent strains P1 ('BSA') and P2 ('GPC') and the F1 and F2 and backcross generations BC1 and BC2, plant height (PH), HIFF, PL and width maximum of the leaf (MLW), and submitted to the analysis of generations being analyzed and quantified the available genetic variability, as well as the relative importance of the genetic effects that constitute the means estimating genetic parameters based on means and variances. It was verified that the additivedominant model satisfactorily explains the inheritance of the characteristics and, the non-occurrence of epistasis, additive allelic interaction and partial dominance for PH and HIFF, the improvement will focus more on selection strategies and, for the characteristics PL and MLW, the strategies that tend to be more efficient in breeding are those involving hybridizations. In the third chapter, we studied the variability in the qualitative characteristic of leaf color, determining inheritance as a basis for Mendelian laws, where the phenotypic proportions were evaluated by the P1 (BSA), P2 (GPC), F1, F2, RC1, RC2, RC2r and F2: 3. Double recessive epistasis has been found to inherit leaf coloration, in which the light green coloration of GPC is manifested by the presence of the two genes in recessive homozygosis and the light green coloration of F2 and F2: 3 segregants occur in function of one or two of the genes in recessive homozygosis.Key words: Carica papaya L., plant breedpor
dcterms.creatorNascimento Adriel Lima-
dcterms.formatTextpor
dcterms.issued2018-07-17-
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Genética e Melhoramentopor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.subject.cnpqMelhoramento Vegetalpor
dc.publisher.courseDoutorado em Genética e Melhoramentopor
dc.contributor.refereeSilva, Tais Vianna-
dc.contributor.refereeSchmildt, Omar-
dc.contributor.advisor-coSchmildt, Edilson Romais-
dc.contributor.advisor-coCavatte, Paulo Cezar,-
dc.contributor.advisor-coKrause, Willian-
Aparece nas coleções:PPGGM - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese_12383_Tese Final Adriel Lima Nascimento.pdf2.64 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.