Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11064
Título: Risco de lixiviação de agroquímicos em ecossistema tropical pertencente a sub-bacia hidrográfica do rio Baunilha, Espírito Santo - Brasil
Autor(es): Gandine, Simony Marques da Silva
Orientador: Pires, Fábio Ribeiro
Coorientador: Santos, Gleissy Mary Amaral Dino Alves dos
Queiroz, Vagner Tebaldi de
Palavras-chave: Agroquímica
Geotecnologias
Agrochemistry
Geotechnology
Environmental Indicators
Data do documento: 25-Fev-2019
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: A importância da bacia hidrográfica como unidade de planejamento e gestão é dada por suas qualidades especificas. Acredita-se, que são regiões com um ecossistema diversificado, vulneráveis à ação antrópica e susceptíveis ao mau uso dos agroquímicos, favorecendo à contaminação do solo, assim como do lençol freático. A avaliação do risco potencial de lixiviação dos princípios ativos de agroquímicos usados nos ambientes agricultáveis, surge como uma alternativa de conservação e manejo do solo e recursos hídricos. Neste contexto, objetivou-se avaliar o potencial da lixiviação de agroquímicos para a cultura do café, predominante no ecossistema tropical pertencente à sub-bacia hidrográfica do rio Baunilha, Espírito Santo, Brasil. De acordo com a metodologia empregada foi avaliado o risco de lixiviação dos princípios ativos de agroquímicos empregando os métodos GUS, LIX e RF/AF, utilizando o Sistema de Informações Geográficas (SIG), por meio do aplicativo computacional ArcGIS. Dentre os dez princípios ativos utilizados para a espacialização do fator de atenuação (AF), oito (2-4 D, clorpirifós, diuron, glifosato, paraquat, pendimetalina, tebuconazol e terbufós) apresentaram muito baixo potencial de lixiviação. Os demais princípios ativos, (sulfentrazona e tiametoxam) indicaram valores representativos para as categorias variando de muito baixo a muito alto potencial de lixiviação. O desenvolvimento do estudo permitiu concluir que os métodos de avaliação de risco de lixiviação dos agroquímicos (GUS, LIX e RF/AF) empregados neste estudo, fornecem subsídios em estudos de cunho ambiental, para antepor quais agroquímicos precisam receber maior atenção ao serem aplicados, sendo possível avaliar o risco de lixiviação de agroquímicos considerando a cultura predominante, bem como as características edafoclimáticas da sub-bacia hidrográfica do rio Baunilha, ES. Sendo as técnicas de Sistemas de Informações Geográficas (SIG) uma ferramenta fundamental e de grande precisão para o desenvolvimento do estudo.
The importance of the river basin as a unit of planning and management is given by its specific qualities. It is believed that they are regions with a diversified ecosystem, vulnerable to anthropic action and susceptible to the misuse of agrochemicals, favoring the contamination of the soil, as well as of the groundwater. The evaluation of the potential risk of leaching of the active principles of agrochemicals used in agricultural environments appears as an alternative of conservation and management of soil and water resources. In this context, the objective was to evaluate the potential of leaching of agrochemicals for coffee cultivation, predominant in the tropical ecosystem belonging to the sub-basin of the Baunilha River, Espírito Santo, Brazil. According to the methodology employed, the risk of leaching of the active principles of agrochemicals using the GUS, LIX and RF / AF methods was evaluated using the Geographic Information System (GIS), through the ArcGIS computational application. Among the ten active principles used for the spatialization of the attenuation factor (PA), eight (2-4 D, chlorpyrifos, diuron, glyphosate, paraquat, pendimethalin, tebuconazole and terbufos) presented very low leaching potential. The other active principles (sulfentrazone and thiamethoxam) indicated representative values for the categories ranging from very low to very high leaching potential. The development of the study allowed us to conclude that the agrochemical leaching risk assessment methods (GUS, LIX and RF / AF) used in this study provide subsidies in environmental studies to anticipate which agrochemicals need to receive greater attention when applied, being possible to evaluate the risk of leaching of agrochemicals considering the predominant culture, as well as the soil and climatic characteristics of the watershed sub-basin of the Baunilha river, ES. Geographic Information Systems (GIS) techniques are a fundamental and highly accurate tool for the development of the study
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11064
Aparece nas coleções:PPGAQ - Dissertações de mestrado



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.