Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11117
Título: Diagnose e epidemiologia da seca do painel de sangria da seringueira
Autor(es): Anjos, Breno Benvindo dos
Orientador: Moraes, Willian Bucker
Data do documento: 16-Jul-2018
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: A seringueira é a maior fonte de borracha natural, a ocorrência de um grande número de patógenos na cultura gera importantes perdas para o setor, tornando algumas regiões inviáveis para o plantio. Objetivou-se com esse projeto avaliar a distribuição espacial e temporal dos patógenos associados ao painel de sangria da seringueira e diagnosticar a ocorrência dos principais patógenos. Para avaliar a distribuição espacial e temporal, foram conduzidos dois experimentos em regiões diferentes, em seringais comerciais do clone FX 3864, sendo uma área na região sul do Estado do Espírito Santo, localizada no município de Mimoso do Sul e uma área na região metropolitana de Vitória, localizada no município de Guarapari. No período de agosto de 2015 até fevereiro de 2017 as avaliações foram realizadas a cada quatro meses, e a partir de fevereiro de 2017, as avaliações foram realizadas a cada trinta dias. Para quantificar a intensidade da doença no painel de sangria da seringueira utilizou-se a incidência e a severidade, em cada uma das 250 plantas marcadas por talhão. O diagnóstico de patógenos associados ao painel de sangria da seringueira foi realizado utilizando amostras coletadas de três regiões diferentes no estado do Espírito Santo, sendo que dessas, uma área localizada na região sul do estado, no município de Mimoso do Sul, uma área na região metropolitana em Guarapari e uma área no norte do estado em Pinheiros. As doenças do painel de sangria da seringueira apresentaram padrão de distribuição agregado, com a severidade variando de acordo com o mês de avaliação, sendo que para o período de estudo, o mês de outubro de 2016 foi o mais favorável, tanto para área de Mimoso do Sul quanto de Guarapari. Das 60 amostras coletadas dos painéis de sangria, nas três regiões produtoras do Espírito Santo, foram isolados e identificados os patógenos Colletotrichum sp. e Fusarium sp. causando doenças no painel de sangria.
The rubber tree [Hevea brasiliensis(Willd. Ex Adr. Jussieu) Muell. Arg.] Is the largest source of natural rubber. The production of latex is influenced by several factors, among them: environmental, tapping system adopted, genetic characteristics of the clones and the attack of pathogens. The pathogens that attack the tapping panel of the rubber tree, causing the drought of the panel, directly affect the production of the natural rubber, besides preventing the tapping of diseased trees. It is estimated that the incidence of this disease is 12 to 50%, causing losses of 12 to 14% for the sector annually. The tapping panel dryness is characterized by the partial or total stoppage of bleeding of the trees in production. In this work, the objective was to perform the morphological and molecular characterization of the pathogens associated to the rubber tree tapping panel, and the spatiotemporal dynamics of the disease. For the molecular characterization, 58 isolates were collected in three different producing regions of the state of Espírito Santo, in the municipalities of Mimoso do Sul, Guarapari and Pinheiros.The isolates were collected on the bleeding panels of clones FX 3864, SIAL 1005, IAN 6590, CDC 508, FDR 4575, FDR 5777, CDC 56 and CDC 312. From the DNA of each isolate, each fungus was identifiedbased on the identity level verified in GenBank. Twelve evaluations were carried out in two areas of rubber tree cultivation (clone FX 3864), in the municipalities of Mimoso do Sul and Guarapari, to analyze the spatio-temporal dynamics of the disease. Altogether, 58 isolates were obtained in the three collection areas, of which 22 were isolated from Mimoso do Sul, 23 from Guarapari and 13 from Pinheiros. The pathogen associated to the tapping panel drynessidentified by the morphological and molecular characterization in the evaluated areas was the fungus of the genus Fusarium sp. The species identified were: Fusarium solani, F. lateritiumand F. incarnatum. As for the temporal dynamics of the drought of the panel there was 100% incidence of the disease in both areas, during all evaluations. The months of October / 16 to February / 17, for the two areas, and December / 17 for Guarapari, were the months with the highest grade of the disease. For the spatial dynamics, the disease showed a clustered distribution, with tendency toaggregation of foci in the plant line.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/11117
Aparece nas coleções:PPGPV - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_11617_Breno Benvindo dos Anjos.pdf1.24 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.