Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2460
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorFoerste, Erineu-
dc.date.accessioned2016-08-29T11:12:08Z-
dc.date.available2016-07-11-
dc.date.available2016-08-29T11:12:08Z-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/2460-
dc.formatKÜSTER, Sintia Bausen. Cultura e língua pomeranas: um estudo de caso em uma escola do ensino fundamental no município de Santa Maria de Jetibá - Espírito Santo - Brasil. 2015. 255 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Espírito Santo, Centro de Educação, Vitória, 2015.por
dc.rightsopen acesseng
dc.subjectLíngua pomeranapor
dc.subjectLínguapor
dc.subjectCulturapor
dc.subjectLanguageeng
dc.subjectCultureeng
dc.subjectBilingualismeng
dc.subjectPomeranianeng
dc.titleCultura e língua pomeranas : um estudo de caso em uma escola do ensino fundamental no município de Santa Maria de Jetibá - Espírito Santo - Brasilpor
dc.typemasterThesiseng
dc.subject.udc37-
dc.subject.br-rjbnBilinguismopor
dc.subject.br-rjbnCulturapor
dc.subject.br-rjbnEducação - Santa Maria de Jetibá (ES)por
dc.subject.br-rjbnPomerâniospor
dcterms.abstractEsta pesquisa analisa, em uma escola de ensino fundamental do município de Santa Maria de Jetibá, estado do Espírito Santo Brasil: a) como diferentes sujeitos, que ali interagem, veem e promovem sua cultura, em especial a língua pomerana; e b) avaliam-se aspectos do Programa de Educação Escolar Pomerana PROEPO , para verificar sua contribuição para a manutenção da língua materna pomerana. Traça-se brevemente a história da imigração pomerana, bem como as produções acadêmicas referentes à educação desse povo em terras capixabas, e prestam-se informações sobre a educação atual do município, a língua pomerana e o PROEPO. O estudo se beneficiou de discussões sobre abordagens qualitativas de educação para a realização de estudo de caso, para a análise de documentos, observação participante, aplicação de questionários, realização de entrevistas semiestruturadas e diário de campo. Trabalharam-se conceitos, como: língua (GERALDI, 2010; BOURDIEU, 1996) cultura (BRANDÃO, 2002; CANCLINI, 2009; FREIRE & FAUNDEZ,1985) bilinguismo, educação bilíngue, direitos linguísticos, política linguística e sociolinguística educacional (BORTONI-RICARDO, 2004, 2005; CALVET, 2002, 2007; OLIVEIRA, 2000, 2007; HAMEL, 2003). Os resultados obtidos evidenciam que 95% dos alunos são descendentes pomeranos e, desses, 90% são bilíngues pomerano-português. Os usos da língua pomerana predominam no seio familiar entre os sujeitos mais velhos; quando se trata das gerações mais novas, ocorre o bilinguismo. Em outros domínios sociais, como igrejas, escolas, comércio e festas, o português é mais recorrente. No ambiente escolar, o português é a língua oficial, ainda que isso não signifique a anulação da língua materna pomerana que é também ofertada como disciplina específica. Os pais ressaltam a importância de ambas as línguas na vida dos filhos e defendem o bilinguismo para a manutenção do pomerano. Atribui-se ao PROEPO o mérito da manutenção desta língua de imigração, ao mesmo tempo em que os sujeitos da pesquisa externam preocupação quanto ao repasse da língua para as futuras gerações, bem como a ampliação de debates sobre a difusão da língua pomerana em outras esferas sociais. Impactos sobre a perda da língua para o povo tradicional pomerano ainda são conjecturas, mas podem significar destruição de conhecimentos e saberes tradicionais, transmitidos entre as gerações até os dias atuais.por
dcterms.abstractThis study analyzes, in an elementary school in the municipality of Santa Maria de Jetibá, Espírito Santo state- Brazil a) how different subject, who interacts there, see and promote their culture, in specially the Pomeranian language; and (b) evaluate the aspects of Pomeranian School Education program – PROEPO -, in order to check its contribution to maintaining the Pomeranian mother tongue. It outlines briefly the history of Pomeranian immigration as well as the academic productions related to the people in Espirito Santo land, and also themselves with the information on the current education of the municipality, the Pomeranian language and the PROEPO. The study benefited from discussions on qualitative approaches of education for the study case to document analysis, observation participant, questionnaires, semistructured interviews and field journal. We worked with concepts such as: language (GIRALDI, 2010; BOURDIEU, 1996) culture (BARNETT, 2002; CANCLINI, 2009; FREIRE & FAUNDEZ .1985) bilingualism, bilingual education, language rights, politics sociolinguistic and educational Linguistics (BORTONI-RICARDO, 2004, 2005; CALVET, 2002, 2007; OLIVEIRA, 2000, 2007; HAMEL, 2003). The results obtained show that 95% of the students are Pomeranian descendants, and of these, 90% are Pomeranian-Portuguese bilingual. The uses of the Pomeranian language predominates within familiar among older subjects; When it comes to younger generations, the bilingualism. In other social areas, such as churches, schools, commerce and parties, the Portuguese is more applicant. In the school environment, the Portuguese is the language official, although that doesn't mean the cancellation of the mother tongue Pomeranian, which is also offered as a specific discipline. The parents underscore the importance of both languages in the lives of children and defend bilingualism for Pomeranian maintenance. It is attributed to PROEPO the merits of the immigration language maintenance, while the subject of the research show concern for the transfer of the language for future generations, as well as the expansion of discussions on the diffusion of the Pomeranian language in other social spheres. The impacts on the loss of language for the traditional Pomeranian people are still a guesswork, but can mean destruction of knowledge and traditional knowledge, transmitted for generations until the present dayeng
dcterms.creatorKüster, Sintia Bausen-
dcterms.formatTexteng
dcterms.issued2015-07-13-
dcterms.languageporeng
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Educaçãopor
dc.subject.cnpqEducaçãopor
dc.publisher.courseMestrado em Educaçãopor
dc.contributor.refereeNunes, José Walter-
dc.contributor.refereePeres, Edenize Ponzo-
dc.contributor.refereeFoerste, Gerda Margit Schutz-
dc.contributor.refereeCarvalho, Letícia Queiroz de-
Aparece nas coleções:PPGE - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_8975_Dissertação de Mestrado Cultura e Língua Pomerana.pdf14.73 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.