Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2885
Título: “Ocupar, resistir, construir e morar” : manguezal berçário de memórias
Autor(es): Freire, Mally Teixeira
Orientador: Margotto, Lilian Rose
Coorientador: Aragão, Elizabeth Maria Andrade
Data do documento: 27-Ago-2010
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Este trabalho é uma produção da pesquisa de mestrado e se caracteriza pelo destaque dado à História Oral, uma ferramenta valiosa à análise da intersecção entre a vida individual e um dado contexto social. Ao entendermos como um método que favorece a criação de fontes históricas a partir de depoimentos; contribui-se para a recuperação de memórias e obtêm-se documentos não escritos. Neste contexto, o entrevistado é considerado um agente histórico e sua visão acerca da experiência e dos acontecimentos sociais que passaram, faz parte da reconstrução de um passado recente. Documentos obtidos com a via da História Oral permitem ao sujeito relembrar e ao mesmo tempo legitimar esta história no presente, que aborda o processo de formação do bairro Dom João Batista/Vila Velha/ES. Os relatos orais e a interpretação dos depoimentos reconstroem a história de ocupação e formação do bairro, uma história contada a partir de nosso objeto de estudo, o Manguezal. Compreendemos as memórias que por ele foram evocadas pelos ocupantes da área, desde os anos de 1980 até hoje, recompondo tempos e espaços de diferentes experiências vivenciadas, direta ou indiretamente, na luta pela moradia. Experiências individuais que se inscrevem no coletivo, como ensinam Halbwachs e constroem assim, o pano de fundo a uma leitura do processo de formação de um determinado território urbano. A pesquisa se apóia em autores como Walter Benjamin e Michel Pollak, destacando a necessidade da existência de lugares de memória, sobretudo, pela escassez cada vez maior na sociedade moderna de práticas que privilegiem a comunicação e troca de experiências. A faculdade de narrar quanto à de ouvir estariam em declínio (ou já desapareceram), e é justamente em função desta, que nossa pesquisa se volta na busca de experiências vividas de dentro para fora de um bairro, ligadas a um significado e a uma pertinência.
This work is the product of Master’s thesis and is characterized by an emphasis on Oral History, a valuable tool in the analysis of the relationship between the individual life and a given social context. This method favours the creation of historical sources from testimonies, by contributing to the retrieval of memories and obtains unwritten documents. In this context, the respondent is considered an historical agent and his views on the experiences and social events forms part of the reconstruction of the recent past. Documents obtained by means of oral history allow the subject to remember and at the same time to legitimize the current story, which addresses the process of forming the João Batista / Vila Velha / ES district. The oral histories and the interpretation of these statements retell the history of employment and the formation of the district, a story told from the perspective of our object of study, the mangrove. We understand from his memories that it was raised by the occupants of the area from the 1980s to the present day, rebuilding times and spaces of different experiences, directly or indirectly in the struggle for housing. As Halbwachs teaches, the individual experiences witch form part of the collective build the background up of the formation process of a given municipal area. The research is supported by authors such as Walter Benjamin and Michel Pollak, who highlight the need for the existence of places of memory, because of the increasing scarcity in modern society practices that emphasize communication and the exchange of experience. The ability to narrate and hear may be in decline (or have already disappeared), and it is precisely because of this, that our search turns into a pursuit of experiences from within the district witch have meaning and a relevance.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/2885
Aparece nas coleções:PPGPSI - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_4644_MALLY FREIRE.pdf5.2 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.