Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3148
Título: Do local para o global: as concepções de agentes ambientais acerca do seu trabalho
Autor(es): Guisso, Sandra Maria
Orientador: Menandro, Paulo Rogério Meira
Palavras-chave: Natureza
Sociedade
Agentes Ambientais
Trabalho
Exclusão
Data do documento: 29-Jul-2013
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: O ambiente é o fator desencadeante de comportamentos, que podem ser os mais variados para o mesmo espaço, o que vai determinar como e quanto o ambiente influencia são as condições sociais, econômicas, políticas, de poder, culturais, que por sua vez, são influenciadas e influenciam o ambiente. O objetivo da investigação foi conhecer as concepções de agentes ambientais acerca de natureza, sociedade e trabalho. Participaram do estudo 61 sujeitos, provenientes de quatro cidades da região central serrana do Espírito Santo. A pesquisa foi realizada através da abordagem sócio econômica, trabalhada a partir da estatística descritiva e através de entrevistas que abordaram aspectos do trabalho, ambientais, perspectivas de vida, preconceito e exclusão. Os dados provenientes das entrevistas foram analisados com a utilização da análise de conteúdo. As entrevistas realizadas com os gestores foram analisadas através de teias associativas, as quais permitiram associar saberes e fazeres dos gestores. Os resultados demonstraram que a falta de instrução e a desvalorização das atividades do campo foram os fatores que levaram esses sujeitos ao trabalho com os resíduos. Nas entrevistas pode-se perceber que os sujeitos da pesquisa tem consciência ambiental, proveniente basicamente de informações da mídia e não por capacitação através do trabalho. Os dados também demonstraram que eles valorizam mais a sua atividade quando se apoderam do valor ambiental que podem atribuir a mesma e que procuram transmitir valores ambientais as demais pessoas do seu núcleo de convivência.
The environment is the triggering factor of behaviors, which may be different for the same space, which will determine how and how the environment influences are social conditions, economic, political, cultural power, which in turn, are influenced and influence the environment. The purpose of the investigation was to know the conceptions of environmental agents on nature, society and work. 61 study subjects participated, coming from four towns in the mountainous central region of Espírito Santo. The survey was conducted by socio economic approach, crafted from descriptive statistics and through interviews that addressed aspects of work, environmental, life perspectives, prejudice and exclusion. Data from the interviews were analyzed using content analysis. The interviews with the managers were analyzed through associative webs, which allowed associate knowledge and practices of managers. The results showed that the lack of education and the devaluation of the activities of the field were the factors that led these subjects to work with waste. In the interviews can realize that the subject of environmental awareness, has research from media information basically and not by training through work. The data also demonstrated that they value more their activity when they take over the environmental value that can assign the same and looking to transmit environmental values others of its core of coexistence.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/3148
Aparece nas coleções:PPGP - Teses de doutorado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_4142_Tese completa Sandra.pdf14.8 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.