Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5054
Título: Fertilidade, estoque de carbono orgânico do solo e serapilheira em uma Floresta Estacional Semidecidual Submontana
Autor(es): Delarmelina, William Macedo
Orientador: Caldeira, Marcos Vinicius Winckler
Coorientador: Kunz, Sustanis Horn
Palavras-chave: Nutrient cycling
Ciclagem de nutrientes
Forest soils
Decomposição
Biomass
Floresta Atlântica
Decomposition
Atlantic Forest
Data do documento: 24-Fev-2015
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Por meio da produção de serapilheira se tem o processo de ciclagem de nutrientes, que possui grande relevância ecológica, pois realiza uma ligação entre os ciclos de produção e decomposição da matéria orgânica, que culmina na principal via de retorno dos nutrientes e da matéria orgânica para o solo. Este estudo teve como objetivos caracterizar a fertilidade do solo, quantificar a produção e o acúmulo de serapilheira, bem como a quantidade de nutrientes no solo em um fragmento de Floresta Estacional Semidecidual Submontana, ES. O estudo foi realizado na Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Cafundó, localizada em Cachoeiro de Itapemirim, Espírito Santo. Para a amostragem do solo e da serapilheira depositada e acumulada foram utilizadas doze parcelas de área fixa (20 x 50 m) demarcadas de forma sistemática no interior da floresta. Para o estudo dos atributos químicos e físicos do solo, bem como do estoque de carbono orgânico do solo procedeu-se a coleta de solo em quatro camadas distintas: 0-5 cm, 5-10 cm, 10-20 cm e 20-40 cm. Para a amostragem da serapilheira, mensalmente em cada parcela, foram coletadas cinco amostras desse material depositado e doze amostras, de forma aleatória, de serapilheira acumulada. A serapilheira depositada foi separada nas frações folhas/miscelâneas e galhos. Foram determinadas as concentrações de nutrientes e carbono orgânico na serapilheira depositada e acumulada. Foi calculada a eficiência de uso de nutrientes e a taxa de decomposição da serapilheira do fragmento estudado. O solo do fragmento em estudo possui caráter pouco ácido com média fertilidade. As camadas superficiais do solo (0-5 e 5-10 cm) concentraram maior parte dos nutrientes disponibilizados à vegetação, devido ao aporte e à decomposição da matéria orgânica depositada sobre o mesmo. Em geral, as interpretações dos componentes principais foram semelhantes para as quatro camadas de solo estudadas. A análise de agrupamento permitiu a identificação de quatro grupos de parcelas com base nos resultados dos atributos químicos e físicos do solo. Em relação ao carbono orgânico do solo, na camada de 0-40 cm foi encontrado o estoque total médio de 62,21 Mg ha-1 . A serapilheira depositada contribuiu em média com 7.627,71 kg ha-1 ano-1 , com sazonalidade marcada no final do período seco do ano (julho/2013 a setembro/2013). A ordem de eficiência na utilização dos macronutrientes e micronutrientes foram: P > S > Mg > K > N > Ca e Cu > Zn > B > Fe > Mn, respectivamente. O cálcio foi o nutriente encontrado em maiores quantidades em todas as frações da serapilheira. Os maiores acúmulos médios de serapilheira ocorreram nos meses de abril/2013 (8.264,6 kg ha-1 ano-1 ) e setembro/2013 (7.011,3 kg ha-1 ano-1 ), indicando padrão não sazonal no acúmulo de serapilheira. Para o fragmento estudado o valor estimado da taxa de decomposição (k) foi de 1,40. A quantidade de macro e micronutrientes na serapilheira acumulada seguiu a seguinte ordem decrescente: Ca > N > Mg > K > S > P e Fe > Mn > B > Zn > Cu, respectivamente. De modo geral, o retorno de nutrientes por meio da serapilheira é uma importante via da ciclagem de nutrientes na floresta, melhorando a fertilidade do solo, pela grande quantidade e diversidade de nutrientes estocada na serapilheira acumulada.
Through the litter production has the process of nutrient cycling, which has great ecological significance, as make a connection between production cycles and decomposition of organic matter, culminating in the main return path of nutrients and organic matter to the ground. This study aimed to characterize soil fertility and estimate the production and litter accumulation, as well as the return of nutrients to the soil of Submontane Seasonal Semideciduous Forest, ES. The study was conducted in a section of forest, located in Cachoeiro de Itapemirim, Espírito Santo. For soil and deposited and accumulated litter sampling, were used twelve plots of equal size (20 x 50 m) demarcated systematically in the forest. To study the chemical and physical properties of the soil as well as the soil stock of organic carbon proceeded the soil sampling at four distinct layers: 0-5 cm, 5-10 cm, 10-20 cm and 20-40 cm. for the sampling of the litter, monthly in each plot five samples were collected of deposited material and twelve samples, randomly, of accumulated litter. The litter produced was separated into fractions leaves/miscellaneous and branches. We determined the concentrations and amounts of nutrients and organic carbon contained in the deposited and accumulated litter, plus the efficiency of nutrient use and litter decomposition rate. The soil of the fragment under study has little acid character with average fertility. The soil layers (0-5 and 5-10 cm) concentrated most of the nutrients available to vegetation due to input and decomposition of the organic material deposited thereon. In general, the interpretation of the principal components were similar for the four ground layers studied. Cluster analysis allowed the identification of four groups of plots based on the results of chemical and physical soil properties. In relation to soil organic carbon in the layer 0-40 cm was found the average total stock of 62.21 Mg ha-1 . The litter produced contributed an average of 7627.71 kg ha-1 yr-1 , with seasonality marked the end of the dry season (July/2013 to September/2013). The order of the efficiency of macronutrients and micronutrients were: P> S> Mg> K> N> Ca and Cu> Zn> B> Fe> Mn, respectively. Calcium is the nutrient found in higher levels in all fractions of the litter. The largest average litter accumulations occurred in April / 2013 (8264.6 kg ha-1 yr-1 ) and September/2013 (7011.3 kg ha-1 yr-1 ), indicating no seasonal pattern in litter accumulation . For the fragment studied the estimated value of the decomposition rate (k) was 1.40. The amount of macro and micronutrients in the accumulated litter followed the following descending order: Ca> N> Mg> K> S> P and Fe> Mn> B> Zn> Cu, respectively. In general, the return of nutrients through the litter is an important route of nutrient cycling in the forest, improving soil fertility, the high quality and diversity of stored nutrients in litter accumulated.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5054
Aparece nas coleções:PPGCF - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_8541_Dissertação WILLIAM MACEDO DELARMELINA.pdf1.27 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.