Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5368
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorCade, Nagela Valadão-
dc.date.accessioned2016-08-30T10:37:55Z-
dc.date.available2016-07-11-
dc.date.available2016-08-30T10:37:55Z-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/5368-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.subjectNursing diagnosiseng
dc.subjectNursing – Classificationeng
dc.titleA classificação internacional para a prática de enfermagem no processo de cuidar : significados atribuídos por docentes e graduandos de enfermagempor
dc.typemasterThesisen
dc.subject.udc614-
dc.subject.br-rjbnEnfermagempor
dc.subject.br-rjbnDiagnóstico de enfermagempor
dc.subject.br-rjbnCuidados em enfermagem - Planejamentopor
dcterms.abstractO estudo busca compreender os significados atribuídos por docentes e graduandos de Enfermagem à Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem (CIPE®) no processo de cuidar. Na coleta de dados, utiliza a técnica de grupo focal com dezessete graduandos uma sessão com dois grupos distintos e entrevista individual com cinco docentes de uma instituição privada de ensino superior do município de Vitória/ES. Para a análise dos dados, usa a técnica de análise de conteúdo e discute os resultados a partir de quatro dimensões praxiológica, comunicativa, cognitiva e política. As concepções manifestadas pelos docentes e discentes indicaram potencialidades e limites da CIPE®. Essa classificação foi revelada como um instrumento que promove a organização do cuidado e a qualidade da assistência, contribui para a autonomia e autoconfiança profissional, proporciona visibilidade das práticas de Enfermagem e valorização da profissão. Foram relatadas, como limites para a utilização da CIPE®, a resistência à mudança de referencial, a falta de domínio teórico-conceitual para seu uso e a ausência de modelos institucionalizados do Processo de Enfermagem. Conclui que a CIPE® foi percebida pelos participantes do estudo como um modelo factível para o processo de cuidar e que a estrutura desse sistema de classificação contribui para o desenvolvimento do raciocínio clínico, facilitando a Sistematização da Assistência de Enfermagem.por
dcterms.abstractThe study aims at understanding the meanings attributed by Nursing teachers and graduating students referring to the International Classification for Nursing Practice (ICNP®) in the care process. The data collection uses the focal group technique with seventeen graduating students – a session with two distinct groups – and an individual interview with five teachers of a private institution of higher education of Vitória district in the State of Espírito Santo. For data analysis, it uses the technique of analyzing content and it discusses the results based on four dimensions – praxiologic, communicative, cognitive and political. The conceptions revealed by the teachers and pupils indicated potentialities and limits of ICNP®. That classification was shown as an instrument able to promote care organization and quality of assistance, it contributes for the autonomy and professional self-confidence, and it provides visibilities for the Nursing practices and values the profession. As limits for the ICNP® use, the resistance to the referential change, the lack of theoreticalconceptual control for its use and the lack of institutionalized models of the Nursing Process were reported. In conclusion, the ICNP® was seen by the project members as a possible model for the care process and that system structure of classification contributes for the development of the clinical reasoning, facilitating the Systematization of the Nursing Assistance.eng
dcterms.creatorPfeilsticker, Débora Catarina-
dcterms.formatText-
dcterms.issued2006-10-31-
dcterms.languageporpor
dcterms.subjectEnfermagem - Classificaçãopor
dcterms.subjectNursingeng
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Saúde Coletivapor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.subject.cnpqSaúde Coletiva-
dc.publisher.courseMestrado em Saúde Coletivapor
dc.contributor.refereeCastro, Denise Silveira de-
dc.contributor.refereeCruz, Diná de Almeida Lopes Monteiro da-
Aparece nas coleções:PPGASC - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_2501_2004_Debora Catarina.pdf653.52 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.