Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5428
Título: Os fatores ambientais que influenciam na ocorrência da Leishmaniose Tegumentar Americana (LTA) no Estado do Espírito Santo
Autor(es): Nascimento, Geane Souza Sobral
Orientador: Falqueto, Aloísio
Palavras-chave: Leishmaniose tegumentar americana
Fatores ambientais
Data do documento: 30-Jun-2009
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: A Leishmaniose Tegumentar Americana (LTA) é uma doença parasitária, de evolução crônica, que acomete a pele e as mucosas do nariz, boca, faringe e laringe e tem, como agentes etiológicos, protozoários do gênero Leishmania. A moléstia está amplamente disseminada pelo mundo, sendo influenciada por fatores geográficos e climáticos que determinam a distribuição dos diferentes vetores, parasitas e hospedeiros. No Brasil, a doença ocorre em todos os estados, com grandes variações nas taxas de incidências, tanto entre os estados, como também entre os municípios que os representam. No estado do Espírito Santo (ES), a LTA apresenta ampla distribuição geográfica, com focos em quase todos os municípios da região centro-sul do estado, predominando na faixa de 50 a 750m acima do nível do mar. Este estudo se propõe a estabelecer associação entre fatores ambientais e a ocorrência de LTA no ES, utilizando bancos de dados georreferenciados, operacionalizados por meio de técnicas de geoprocessamento. Foram utilizados 1087 registros de pacientes com a doença, diagnosticados no ambulatório de Leishmanioses do Hospital Universitário Cassiano Antônio Moraes, no período de 1978 a 2006. As unidades espaciais de análise foram representadas por 2.829 localidades, distribuídas nos 78 municípios do ES. A partir das bases cartográficas dessas localidades, construiuse um mapa representativo de suas respectivas áreas. Sobre esse mapa, os casos de LTA foram georreferenciados, segundo os centróides das áreas que os contém, utilizando como ferramenta operacional o Sistema de Informação Geográfica (SIG) ArcGIS versão 9.2. As variáveis ambientais temperatura, relevo e suficiência de água foram utilizadas para determinar áreas propícias à ocorrência da LTA. A conjunção dessas três variáveis forma o primeiro nível hierárquico das Unidades Naturais do Espírito Santo (UNES) e está disponível em um único mapa operacionalizado em SIG que foi obtido a partir do Sistema Integrado de Bases Georreferenciadas do Estado do Espírito Santo. A sobreposição dos mapas das localidades com o mapa das UNES, permitiu a classificação de 21 tipos de localidades, segundo as interações dos fatores das variáveis ambientais. Desses, 15 tipos foram selecionados para análise estatística possibilitando a definição de áreas categorizadas em dois grupos, quais sejam: sem risco e com risco para ocorrência de LTA. A escala de trabalho e os instrumentos utilizados neste estudo mostraram-se úteis na definição das áreas de risco para transmissão da LTA no ES, permitindo, inclusive, prever a ocorrência da doença em áreas propícias, ainda sem registro de casos.
American Tegumentary Leishmaniasis (ATL) is a parasitic disease, of chronic evolution, that affects the skin and the mucous membrane of the nose, mouth, pharynges and larynges; its etiologic agents are the protozoan of the genus Leishmania. This disease is largely disseminated around the world being influenced by geographic and climatic factors which determine the distribution of the different vectors, parasites and hosts. In Brazil, the disease occurs in all the federation states, with large variation in the incidence index among states and also between municipalities that represent them. In the Espírito Santo state (ES) the ATL presents large geographic distribution with foci in almost all municipalities in the state’s southern central region, predominating in the areas which are 50 to 750 meters above sea level. This study proposes to establish an association between environmental factors and the ATL occurrences in ES through the use of geographically referred data banks, which would be performed by means of geo processing techniques. A hundred and eighty seven (1,087) registers of patients, who were diagnosed with the disease in the ambulatory of Leishmaniasis of the Hospital Universitário Cassiano Antônio Moraes from 1978 to 2006, were used for this research. The data for analysis were represented by 2,829 localities distributed within the 78 municipalities of ES. Based on the cartographic basis of these localities a representative map of their respective areas was built. The ATL cases were geo referred over this map according to small central areas containing them using the Geographical Information System (SIG) ArcGIS version 9.2 as an operational tool. The environmental variables of temperature, topography and water supply were used to determine areas prone to ATL occurrence. The association of these three variables frames the first hierarchical level of the Natural Units of Espírito Santo (UNES) and therefore, it is available in a single map operated in SIG which was achieved from the Integrated System of Geo referred Basis of the Espírito Santo state. The over lapping of the localities’ maps with the UNES map makes it possible to classify the localities within 21 types according to the interaction of the environmental variability. Among those, 15 types were selected for the statistics analysis making it possible to determine areas categorized into two groups, which are: being one of them with and the other without the risk for the occurrence of ATL. The work shift and the tools used in this study have proved to be useful to determine riscky areas for the transmission of LTA in ES, empowering someone, furthermore, to predict the occurency of the disease in ventured areas yet not known for having registers of cases of ATL.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5428
Aparece nas coleções:PPGASC - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_3611_.pdf4.96 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.