Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5448
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorMaciel, Ethel Leonor Noia-
dc.date.accessioned2016-08-30T10:50:08Z-
dc.date.available2016-07-11-
dc.date.available2016-08-30T10:50:08Z-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/5448-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.subjectHealth evaluationeng
dc.subjectTuberculosiseng
dc.subjectPrimaryeng
dc.subjectUser satisfactioneng
dc.subjectTuberculosepor
dc.subjectServiços de saúde - Avaliaçãopor
dc.subjectAvaliação em saúdepor
dc.subjectAtenção primáriapor
dc.subjectSatisfação do usuáriopor
dc.titleAvaliação da satisfação do usuário em relação aos serviços de saúde que prestam ações de controle de tuberculose no município de Vitória (ES)por
dc.typemasterThesisen
dc.subject.udc614-
dcterms.abstractA tuberculose é uma doença que nunca deixou de ser problema de saúde pública nos países em desenvolvimento, ainda hoje, constitui grave problema de saúde em todo o mundo. A avaliação de serviços de saúde é uma área de muita relevância, pois direciona as políticas públicas e proporciona o planejamento das ações com o intuito de melhorar o atendimento ao usuário. No Brasil as ações de controle da tuberculose passam por um momento de avaliação da satisfação dos usuários em estudos operacionais. Neste estudo o principal objetivo é avaliar a satisfação do usuário em relação aos serviços de saúde que prestam ações de controle de tuberculose no município de Vitória, ES, através da aplicação de um questionário validado no Brasil por Villa e Ruffino (2009) para a satisfação do usuário no programa de tuberculose. Para tanto se delineou um estudo epidemiológico, corte transversal, descritivo tendo no município de Vitória duas unidades básicas de saúde como cenário de estudo. A população estudada foi constituída por 72 pacientes. Os principais resultados mostraram que quanto à caracterização dos doentes e da doença : 63,9% dos usuários eram do sexo masculino, a maioria dos entrevistados era solteiro (a)s (48,6%), a forma pulmonar da TB foi encontrada em 80,6% dos doentes de tuberculose. A avaliação da dimensão infra-estrutura teve a medicação como indicador mais bem avaliado com 66,7% de aprovação, o recebimento do vale transporte não foi percebido por 22,2% da população estudada. A acessibilidade aos serviços relacionados ao tratamento de tuberculose 90,8% considera muito boa a espera para consulta médica, entretanto, a dose supervisionada não foi percebida por 41,7% dos usuários. Em se tratando da relação usuário equipe: à equipe completa teve 97,02% de aprovação, contudo o agente comunitário de saúde não foi percebido por 50% dos doentes. Na avaliação global dos doentes os usuários avaliaram muito bem os serviços que são oferecidos nas duas unidades de análise do estudo. Conclusão: É necessário repensar as políticas públicas voltadas para a atenção à tuberculose, os subsídios que deveriam ser oferecidos de acordo com as normas do programa nacional devem ser aplicadas para a melhoria da taxa de cura e abandono e rever a possibilidade de reinserção do Agente Comunitário de Saúde como um ator essencial na descentralização deste agravo.por
dcterms.abstractTuberculosis is a disease that never ceased to be a public health problem in developing countries, even today, is a serious health problem worldwide. The evaluation of health services is an area of much relevance because directs public policy and provides the planning of actions aimed at improving service to users. In Brazil, efforts to control tuberculosis are undergoing evaluation of user satisfaction in operational studies. In this study the main objective is to assess user satisfaction with services that provide health efforts to control tuberculosis in Vitoria, ES, through the application of a questionnaire validated in Brazil by Villa and Ruffino (2009) to meet user in the program of tuberculosis. Therefore one has outlined an epidemiological study, cross-sectional and descriptive in Vitoria two basic health units as the backdrop for the study. The study population consisted of 72 patients. The results showed that the characterization of patients and the disease: 63.9% of users were male, the majority of respondents were single (a) s (48.6%), the pulmonary form of TB was found in 80.6% of tuberculosis patients. The assessment of the scale infrastructure took the medication as an indicator better assessed with 66.7% approval, receipt of bus passes was not perceived by 22.2% of the population studied. The accessibility to services related to tuberculosis treatment 90.8% considered very good at waiting for medical consultation, however, the supervised dose was not perceived by 41.7% of users. Regarding user interface team: the team had full approval of 97.02%, yet the community health agent was not noticed for 50% of patients. In the overall assessment of patients evaluated the users very well the services are offered in two units of analysis in the study. Conclusion: It is necessary to rethink public policies to care for tuberculosis, the allowances that should be offered in accordance with the standards of the national program should be implemented to improve the cure rate and dropout and review the possibility of reintegration of the Community Agent Health as an essential actor.eng
dcterms.creatorNegri, Leticya dos Santos Almeida-
dcterms.formathttps://repositorio.ufes.br/tools/edit-item#Text-
dcterms.issued2010-09-17-
dcterms.languageporpor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Saúde Coletivapor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.subject.cnpqSaúde Coletiva-
dc.publisher.courseMestrado em Saúde Coletivapor
dc.contributor.refereeMotta, Maria Catarina Salvador da-
dc.contributor.refereeZandonade, Eliana-
dc.contributor.refereePereira, Rita de Cássia Campos-
Aparece nas coleções:PPGASC - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_4586_.pdf3.31 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.