Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5527
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorSiqueira, Marluce Miguel de-
dc.date.accessioned2016-08-30T10:50:18Z-
dc.date.available2016-07-11-
dc.date.available2016-08-30T10:50:18Z-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/5527-
dc.publisherUniversidade Federal do Espírito Santopor
dc.rightsopen access-
dc.subjectSatisfação do usuáriopor
dc.subjectFamíliapor
dc.subjectHealth evaluationeng
dc.subjectMental healtheng
dc.subjectDrugs abuseeng
dc.subjectConsumer satisfactioneng
dc.subjectFamilyeng
dc.titleAvaliação da (in)satisfação com um serviço de dependência química na perspectiva dos familiarespor
dc.typemasterThesisen
dc.subject.udc614-
dc.subject.br-rjbnSaúde pública - Avaliaçãopor
dc.subject.br-rjbnSaúde mentalpor
dc.subject.br-rjbnToxicomaniapor
dcterms.abstractObjetivou-se neste estudo, avaliar a satisfação dos familiares de usuários com um serviço de dependência química. Trata-se de um estudo descritivo, de corte transversal, com abordagem quantitativa e qualitativa, realizado com familiares que acompanhavam usuários internados em tratamento. Este estudo integrou a pesquisa intitulada Avaliação de Serviços de Saúde Mental: O caso PRESTA-ES que foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal do Espírito Santo, sob o No. 242.842. Na análise quantitativa, a amostra foi composta por 23 indivíduos que tiveram dados coletados através de um questionário que dentre outras variáveis, mensura a satisfação por meio da Escala de Avaliação da Satisfação em Serviços de Saúde Mental (SATIS-BR). A estatística descritiva e a correlação de Pearson foram empregados para analisar os resultados. Predominou o sexo feminino entre os participantes (91,3%). Quanto ao grau de parentesco, houve maior prevalência dos genitores (39,2%), seguido pelos cônjuges (30,43%). A droga mais se constituiu como motivo de procura pela internação no serviço foi a cocaína/crack (69,6%) seguida pelo álcool (26,1%). Detectou-se alto grau de satisfação dos familiares com o serviço (4,65), como também com os subitens: resultados do tratamento (4,61); acolhida e competência da equipe (4,83); privacidade e confidencialidade (4,43). As correlações das três subescalas SATIS-BR com a escala global foram positivas, fortes e significativas (r > 0,7 e p < 0,01).Para análise qualitativa empregou-se a técnica do grupo focal de seis indivíduos que tinham participado da etapa quantitativa. As falas foram gravadas, transcritas integralmente e analisadas a luz da análise de conteúdo conforme Bardin (2011). Emergiram a posteriori seis categorias : 1) Satisfação com os profissionais do serviço; 2) Acessibilidade; 3) Aspectos Estruturais; 4) Resultados do tratamento; 5) Continuidade do tratamento; 6) Atenção oferecida à família. Notou-se que os familiares estiveram satisfeitos com o serviço e que as mudanças apresentadas pelos usuários decorrentes do tratamento, a competência e a postura acolhedora da equipe foram questões relacionadas à satisfação destes. Os sujeitos demonstram-se insatisfeitos com as condições físicas do local, com a quantidade de dias fixados para visita aos usuários e com grupo de atenção à família. A satisfação dos familiares foi observada tanto no componente quantitativo quanto no componente qualitativo, contudo na análise qualitativa a insatisfação foi mais evidenciada.por
dcterms.abstractThe objective of this study was to evaluate the satisfaction of the families of users with a service of chemical dependency . This is a descriptive, cross- sectional, quantitative and qualitative approach, performed with relatives who accompanied users admitted to treatment. This study was part of a study entitled "Evaluation of Mental Health Services : The PRESTA - ES case" that was approved by the Ethics Committee in Research of the Science Center , Federal University of Espírito Santo Saúde , under number. 242 842 . In quantitative analysis , the sample consisted of 23 individuals who had data collected through a questionnaire that, among other variables , measures satisfaction through " Satisfaction Rating Scale for Mental Health Services " (SATIS - BR) . Descriptive statistics and Pearson correlation were used to analyze the results . Females predominated among the participants (91.3 %) . The degree of kinship, was more prevalent among parents ( 39.2 %) , followed by spouses (30.43 %) . More The drug was constituted as the reason for seeking admission to the service was cocaine / crack ( 69.6 % ) followed by alcohol (26.1 %) . Detected a high degree of satisfaction with the service of the family (4.65) , but also with sub-items : treatment results (4.61), acceptance and competence of staff ( 4.83), privacy and confidentiality (4 ,43) . The correlations of the three subscales SATIS - BR with the global scale were positive , strong and significant ( r> 0.7 and p < 0.01 ) . Qualitative analysis employed the technique of focus group of six individuals who had participated step quantitative . The discussions were recorded , transcribed and analyzed the light content analysis according to Bardin (2011) . Emerged subsequent six categories : 1) satisfaction with service professionals , 2) accessibility , 3) Structural Aspects ; 4) Results of treatment ; 5 ) Continuity of treatment ; 6 ) Attention offered to the family . It was noted that relatives were satisfied with the service and that the changes made by users from the treatment , competence and welcoming attitude of the staff were issues related to the satisfaction thereof. The subjects show themselves dissatisfied with the physical conditions of the site , with the number of days set for business users and group of family care . The satisfaction of family members was observed in both the quantitative component as the qualitative component , yet the dissatisfaction was more evident qualitative analysis.eng
dcterms.creatorSantos, Marcos Vinícius Ferreira dos-
dcterms.formatText-
dcterms.issued2014-02-25-
dcterms.languageporpor
dcterms.subjectDependência químicapor
dcterms.subjectAvaliação em saúdepor
dcterms.subjectAbuso drogaspor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Saúde Coletivapor
dc.publisher.initialsUFESpor
dc.subject.cnpqSaúde Coletiva-
dc.publisher.courseMestrado em Saúde Coletivapor
dc.contributor.refereeLima, Rita de Cássia Duarte-
dc.contributor.refereeKantorski, Luciane Prado-
frapo.hasFundingAgencyFAPES-
Aparece nas coleções:PPGASC - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_7501_2012_Marcos Vinicius Ferreira20150318-112452.pdf1.55 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.