Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5751
Título: Indução de resistência ao Papaya meleira virus em mamoeiros
Autor(es): Abreu, Paolla Mendes do Vale de
Orientador: Fernandes, Patricia Machado Bueno
Coorientador: Ventura, José Aires
Data do documento: 4-Mar-2011
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Citação: ABREU, Paolla Mendes do Vale de. Indução de resistência ao Papaya meleira virus em mamoeiros. 2011. 92 f. Dissertação (Mestrado em Biotecnologia) - Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia, Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2011.
Resumo: O mamoeiro (Carica papaya L.) é uma das fruteiras mais cultivadas e o mamão uma das frutas mais consumidas nas regiões tropicais e subtropicais do mundo. O Brasil é o maior produtor mundial de mamão e os estados do Espírito Santo e da Bahia são responsáveis por mais de 70% da área brasileira produtora deste fruto. As doenças, no entanto, constituem os principais fatores limitantes da produção. A meleira do mamoeiro, causada pelo Papaya meleira virus (PMeV), de genoma de RNA fita-dupla (dsRNA), é uma das que ainda não possui uma cultivar resistente. Uma via de resistência às viroses em plantas é ativada por moléculas de dsRNA. Após perceber a presença do dsRNA, a célula inicia uma rota de degradação de moléculas de RNA, que podem ser virais, impedindo, assim, o progresso da infecção. Este trabalho teve como objetivo avaliar a indução de resistência ao PMeV em mudas de mamoeiro utilizando moléculas de dsRNA extraídas do genoma viral. Quatro diferentes tratamentos foram avaliados qualitativa e quantitativamente por meio do diagnóstico molecular do vírus por RT-PCR convencional e RT-PCR em tempo real, respectivamente, em amostras de folha. As mudas de mamoeiro inoculadas apenas com PMeV mostraram intensa infecção pelo vírus logo nos primeiros dias pós-inoculação, enquanto as mudas inoculadas simultaneamente com PMeV e dsRNA do mesmo vírus mostraram uma infecção viral mais atenuada, o que sugere uma redução no sucesso infeccioso pelo vírus causador da meleira. A inoculação combinada em mudas de mamoeiro do PMeV com o dsRNA viral reduziu o progresso da infecção.
Carica papaya L. is one of the most cultivated and consumed fruits in tropical and subtropical regions of the world. Brazil is the world's largest producer of papaya and the states of Espirito Santo and Bahia are responsible for more than 70% of the Brazilian production of this fruit. Diseases of fruit trees are the main limiting factors. Papaya meleira disease, caused by the Papaya meleira virus (PMeV), is one disease that does not have a resistant cultivar. However, the PMeV genome is a doublestranded RNA (dsRNA) and it has been shown that virus resistance in plants can be activated by dsRNA molecules. After detecting the presence of dsRNA, the cell initiates a process of degradation of RNA molecules, which may be viral, thus preventing the progress of the infection. This study aimed to induce resistance to PMeV in papaya seedlings using dsRNA molecules extracted from the viral genome. Four different treatments were evaluated qualitatively and quantitatively by means of molecular diagnosis of the virus in leaf samples by RT-PCR and qRT-PCR (real-time PCR), respectively. The papaya seedlings inoculated only with high load PMeV showed severe infection in the first days post-inoculation, while the seedlings inoculated with high viral load and additional dsRNA showed a milder viral infection, suggesting a reduction in infection by the virus that causes meleira. The combined inoculation of papaya seedlings with PMeV and viral dsRNA reduced the progress of the infection.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/5751
Aparece nas coleções:PPGBIO - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Paolla Mendes do Vale de Abreu.pdf1.78 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.