Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7869
Título: Avaliação físico-química de nanopartículas de ouro reduzidas com citrato de sódio e capeadas com Virola oleifera
Autor(es): Corrêa, Andressa dos Santos
Orientador: Guimarães, Marco Cesar Cunegundes
Coorientador: Oliveira, Jairo Pinto de
Data do documento: 30-Jun-2017
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: O capeamento de nanopartículas de ouro sintetizadas com citrato de sódio com extrato de Virola oleifera foi o objetivo principal desta dissertação, que visou prepará-las e caracterizá-las avaliando como a concentração final de extrato e o pH poderiam influenciar na adsorção do extrato à superfície das partículas. Além disso, foi realizada uma avaliação da atividade antioxidante e citotóxica de tais AuNPs, a fim de averiguar sua potencial aplicação biológica. Para isso realizou-se um estudo do tempo ótimo de adsorção, e posteriormente uma triagem dos intervalos de pH e concentração final de extrato e subsequentemente um planejamento fatorial 32 para determinação da melhor condição de capeamento. Observou-se que, a adsorção de extrato foi maior no intervalo de pH compreendido entre 3 e 5 e que a condição mais estável foi a de menor concentração final de extrato. Foi realizado um estudo de caracterização estrutural das nanopartículas sintetizadas com citrato de sódio para confirmação da estrutura cristalina característica de nanopartículas de ouro, bem como morfológica por microscopia eletrônica de transmissão. Além disso, a presença de moléculas aromáticas adsorvidas nas AnNPs foi confirmada por FTIR e RAMAN. Os resultados dos ensaios de DPPH e FRAP mostraram que as AuNPs capeadas possuíam expressiva atividade. E o ensaio de citotoxicidade revelou que a citotoxicidade das AuNPs capeadas é baixa.
The capping of gold nanocrystals using sodium citrate with Virola oleifera was the focus of this thesis, which aim/aiming at synthesize and characterize evaluate the final extract concentration and pH influence in surface particle adsorption. Furthermore, was analysed antioxidant activity and citotoxicity of AuNPs, for investigate your potential biological application. For this goal, the best capping time, and subsequently the optimum pH range and final extract concentration was determined and was realizes a 32 factorial design with 3 levels and 2 variables (pH and extract concentration) to verify the optimal capping conditions. In this way, it has been proved the adsorption was most intense between pH 3 and 5 and the most stable was the lower final extract concentration. The x-ray diffraction and the transmission electron microscopy confirmed the face-centered cubic structure of citrate AuNPs and the quasi spherical aspect, respectively. The adsorption of aromatic molecules was confirmed by spectroscopy techniques: Fourier-Transform Infrared (FTIR) and Raman. The DPPH and FRAP analyzes shows enhancement of antioxidant activity with capping of citrate gold nanoparticles. Furthermore, the citotoxicity assay shows low citotoxicity of capped gold nanoparticles.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/7869
Aparece nas coleções:PPGBF - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_10924_028 - Dissertação Final - Andressa dos Santos Correa.pdf6.73 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.