Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8257
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorAlexandre, Rodrigo Sobreira-
dc.date.accessioned2018-08-01T23:26:47Z-
dc.date.available2018-08-01-
dc.date.available2018-08-01T23:26:47Z-
dc.identifier.citationFRANCA, Juliany Morosini. Diversidade e vigor rizogênico de genótipos de Passiflora mucronata Lam. e enxertias entre Passiflora edulis Sims f. flavicarpa Deg. e Passiflora mucronata Lam. 2016. 76 f. Dissertação (Mestrado em Agricultura Tropical) - Programa de Pós-Graduação em Agricultura Tropical, Universidade Federal do Espírito Santo, Centro Universitário Norte do Espírito Santo, São Mateus, 2016.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufes.br/handle/10/8257-
dc.subjectPassiflora spp.por
dc.subjectPropagaçãopor
dc.subjectÁcido indol-3-butíricopor
dc.subjectDiversidade genéticapor
dc.subjectPropagationeng
dc.subjectIndole-3-butyric acideng
dc.subjectGenetic diversityeng
dc.subjectDiversidade vegetalpor
dc.titleDiversidade e vigor rizogênico de genótipos de Passiflora mucronata Lam. e enxertias entre Passiflora edulis Sims f. flavicarpa Deg. e Passiflora mucronata Lam.por
dc.typemasterThesisen
dc.subject.udc63-
dc.subject.br-rjbnPassiflorapor
dc.subject.br-rjbnGenética vegetalpor
dcterms.abstractO gênero Passiflora apresenta elevada diversidade genética, contudo os plantios comerciais se restringem a duas espécies, o que tem caracterizado uma baixa resistência as principais doenças no maracujazeiro. Nesse contexto objetivou-se analisar o vigor rizogênico e trocas gasosas na diversidade genética de Passiflora mucronata Lam. tratadas ou não com auxina, avaliar o número de segmentos apicais em lavouras comerciais de P. edulis Sims f. flavicarpa Deg. e testar dois métodos de enxertia entre P. edulis f. flavicarpa e P. mucronata através do uso de fixadores. Entre as espécies silvestres, a Passiflora mucronata apresenta características agronômicas relevantes à produção clonal, pela resistência à bacteriose nas folhas, a antracnose nos frutos e ramos e à fusariose. Neste cenário desenvolveram dois capítulos: o primeiro trata-se da avaliação da diversidade e vigor rizogênico de genótipos de P. mucronata tratados ou não com auxina. O delineamento utilizado foi o de blocos ao acaso, em esquema fatorial 9x2 [genótipos: 1; 2; 3; 4; 5; 6; 7; 8 e 9 x auxina (AIB ácido indol-3-butírico): ausência e presença (1000 mg kg-1)] com quatro repetições de 16 estacas. As características radiculares avaliadas foram emergência; índice de velocidade de emergência, tempo médio de emergência e massa seca, não obstante avaliou-se massa seca de parte aérea, fotossíntese líquida, condutância estomática, carbono interno, transpiração. O segundo objetivou-se avaliar enxertias entre P. edulis f. flavicarpa e P. mucronata. O delineamento empregado foi em blocos ao acaso, fatorial 3x2 [modalidade de enxertia: garfagem e encostia x fixadores: parafilme® micropore® e vedarosca®], com quatro repetições de seis enxertos. As características avaliadas foram o número de segmentos apicais em lavouras comerciais e porcentagem de pegamento. Os dados foram submetidos à análise de variância e as médias dos diferentes tipos de estacas, comparadas pelo teste de Tukey e por correlação fenotípica. A diversidade genética foi estudada de acordo com o método de agrupamento de Tocher, baseado na distância de Mahalanobis (D2 ii) e variáveis canônicas. Considerando as variáveis analisadas, é indicado à utilização do ácido-indol-3-butírico, nas estacas, na concentração de 1000 mg kg-1, devido ao aumento da porcentagem no vigor rizogênico, taxa fotossintética líquida, massa seca radicular e aérea em alguns genótipos quando comparado à ausência de auxina. A diversidade genética permitiu a formação detrês agrupamentos. As variáveis morfofisiológicas de maior contribuição relativa para a divergência genética na ausência e presença de auxina, foram, na ausência, IVER (38,75), E (20,27%) e MSRA (15,87 g) e na presença, gS (23,19 mol m-2 s-1), MSRA (20,91 g) e MSPA (19,66 g). As lavouras comerciais de P. edulis f. flavicarpa, podem contribuir expressivamente na minigarfagem, através da produção de segmentos apicais, sem prejuízo à planta matriz. Os tratamentos representados pelos métodos de enxertia (minigarfagem e encostia) e fixadores (parafilme®, micropore® e veda rosca®) apresentaram média de 94,90%, indicando enorme compatibilidade entre as espécies estudadas independentedo método de enxertia e dos fixadores na união P. edulis f. flavicarpa e P. mucronata. Indica-se o fixador parafilme® pela praticidade e facilidade de manuseio, recomendável para os dois métodos de enxertia.por
dcterms.abstractThe genus Passiflora has high genetic diversity, yet the commercial plantations are restricted to two species, which has featured a low resistance to major diseases of passion fruit.In this context aimed to analyze the effect rhizogenic and gas exchange in the genetic diversity of Passiflora mucronata Lam. treated or not with auxin, assess the number of apical segments in commercial crops of Passiflora edulis Sims. f. flavicarpa Deg. and test two methods of grafting between P. edulis f. flavicarpa and P. mucronata through the use of fasteners. Among the wild species Passiflora mucronata has agronomic characteristics relevant to the production clonal, the resistance to bacterial blight on leaves, anthracnose in fruits and branches and fusarium. In this scenario we developed two experiments: the first one is the assessment of diversity and rhizogenic force of P. mucronata genotypes treated or not with auxin.The design was randomized blocks in a factorial 9x2 [genotype 1; 2; 3; 4; 5; 6; 7; 8 and 9 x auxin (IBA - indole-3-butyric acid): absence and presence (1000 mg kg-1 )] with four replicates of 16 poles. The root characteristics evaluated were emergency; emergency speed index, average time of emergency, root dry weight, nevertheless evaluated dry mass of shoots, net photosynthesis, stomatal xii conductance, internal carbon, sweating. The second objective was to evaluate grafting between P. edulis f. flavicarpa and P. mucronata. The experimental design was a randomized block, 3x2 factorial [grafting mode: grafting and encostia x fasteners: parafilme® micropore® and thread sealing® ], with four replicates of twelve grafts. The characteristics evaluated were the number of apical segments in commercial fields and percentage of fruit set. Data were submitted to analysis of variance and the averages of the different types of cuttings were compared by Tukey test and phenotypic correlation. Genetic diversity has been studied according to the Tocher grouping method based on the Mahalanobis distance (D2ii') and canonical variables. Considering the variables analyzed, indicated the use of acid-indole-3- butyric acid, the stakes in concentration de1000 mg kg-1 . Due to increased rhizogenic force percentage, net photosynthetic rate, root and shoot dry weight in some genotypes when compared to the absence of auxin. Genetic diversity has allowed the formation of three groups. The morphological and physiological variables of contribution to the genetic divergence in the absence and presence of IBA, were, in the absence, IVER (38.75) and (20.27%) and MSRA (15.87 g) and in the presence, gs (23.19 mol m-2 s -1 ), SARM (20.91 g) and DMAP (19.66 g). Commercial crops of P. edulis f. flavicarpa can contribute significantly in minigarfagem, by producing apical segments, without prejudice to the mother plant. The treatments represented by grafting methods (minigarfagem and encostia) and fasteners (parafilme® , micropore® and thread sealing® ) showed an average of 94.90%, indicating huge compatibility between independent species studied the grafting method and fasteners in the union P. edulis f. flavicarpa x P. mucronata. It is indicated the parafilm® fastener for convenience and ease of handling, recommended to the two grafting methods.eng
dcterms.creatorFrança, Juliany Morosini-
dcterms.formatTexteng
dcterms.issued2016-06-28-
dcterms.languageporeng
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Agricultura Tropicalpor
dc.subject.cnpqCiências Agráriaspor
dc.publisher.courseMestrado em Agricultura Tropicalpor
dc.contributor.refereeOliveira, João Paulo Bestete-
dc.contributor.advisor-coSchmildt, Edilson Romais-
dc.contributor.advisor-coSchmildt, Omar-
Aparece nas coleções:PPGAT - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_8177_65 - Juliany Morosini França.pdf1.04 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.