Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8993
Título: Fluxos, encontros e dispersões : agenciamentos entre arte e clínica
Autor(es): Cavallini, Flávia de Macedo
Orientador: Lavrador, Maria Cristina Campello
Palavras-chave: Arte - Saúde mental
Álcool e outras drogas - CAPS
Data do documento: 30-Mai-2016
Editor: Universidade Federal do Espírito Santo
Resumo: Buscamos cartografar os fluxos artísticos que povoaram um CAPS para cuidados referentes ao uso de álcool e outras drogas de um município do Espírito Santo entre os anos de 2006 e 2016 e, com eles, delinear uma paisagem coletiva, relacionando-os com alguns momentos da arte e da clínica a partir do século XIX até os dias de hoje. Esta relação, por sua vez, visa apontar, ainda que de maneira circunscrita, a política de saúde mental que se fez tangenciando a arte ao longo dos anos, colocando em evidência as forças manicomiais que se fazem ainda presentes, assim como as resistências que são criadas para enfrentá-las. Evidencia alguns momentos de ampliação da clínica e seus agenciamentos com as artes moderna e contemporânea, com a construção e regulamentação das oficinas artísticas nos serviços de saúde mental, procurando tornar visíveis fluxos emergentes que apontam, por sua vez, para uma necessidade de desinstitucionalização da arte, assim como a territorialização de outros caminhos.
We aim to mapping the artistic streams that peopled CAPS to care for the use of alcohol and other drugs in a city of the Espírito Santo between the years 2006 and 2016 and, with them, outline a collective landscape, relating them to some moments of art and the clinic from the nineteenth century to the present day. This relationship, in turn, aims to point out, albeit limited way, the mental health policy which is made tangentially art over the years, highlighting the madhouse forces that are still present, as well as the resistances that are created to address them. It highlights some moments of expansion of the clinic and its assemblages with modern and contemporary art, with the construction and regulation of artistic workshops in mental health services, seeking to make visible emerging streams that point, turn to a need for art deinstitutionalization, as well as the territorial other ways.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8993
Aparece nas coleções:PPGPSI - Dissertações de mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_10186_FLAVIA_DE_MACEDO_CAVALLINI.pdf8.08 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.