Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8254
Título: Atributos físicos e químicos do solo em área sob diferentes usos na Região Norte do Estado do Espírito Santo
Autor(es): Pinto, Flávia Barreto
Orientador: Pires, Fábio Ribeiro
Coorientador: Bonomo, Robson
Schmildt, Edilson Romais
Data do documento: 28-Mar-2016
Citação: PINTO, Flávia Barreto. Atributos físicos e químicos do solo em área sob diferentes usos na Região Norte do Estado do Espírito Santo. 2016. 82 f. Dissertação (Mestrado em Agricultura Tropical) - Programa de Pós-Graduação em Agricultura Tropical, Universidade Federal do Espírito Santo, Centro Universitário Norte do Espírito Santo, São Mateus, 2016.
Resumo: Diante da demanda crescente quanto à produção agrícola do Brasil torna-se necessária uma compreensão maior e melhor sobre como mantê-la sustentável. O estudo em conjunto dos atributos físicos e químicos do solo permite inferir sobre a qualidade deste recurso natural. Neste sentido, objetivou-se avaliar as alterações de atributos físicos e químicos do solo em áreas com usos distintos em uma propriedade localizada no município de Jaguaré-ES. Os tipos de usos estudados foram: plantio homogêneo de café conilon (Coffea canefora Pierre ex A. Froehner) (Cc); seringueira (Hevea brasiliensis L.) (S); consórcio de seringueira e café conilon (SCc); consórcio de seringueira e coco (Cocos nucifera L.) (SCo); consórcio de seringueira, pimenta-do-reino (Piper nigrum L.) e cacau (Theobroma cacao L.) (SPCa); e mata (MN). Foram coletadas amostras de solo em cinco parcelas de 6 x 6 m em cada sistema de uso do solo. Os atributos químicos analisados nas profundidades de 0-10, 10-20 e 20-40 cm foram: matéria orgânica do solo (MOS), pH, P, Ca, Mg, Na, K, Al, H + Al, soma de bases (SB), CTC efetiva (t), CTC potencial (T), saturação por bases (V) e saturação por Al (m). Por sua vez, os atributos físicos analisados nas profundidades de 0-10, 10-20 e 20-40 cm foram: textura, densidade de partículas, densidade do solo, macro e microporosidade e estabilidade de agregados. Nas profundidades de 15 e 30 cm condutividade hidráulica e nas de 0-10, 10-20, 20-30 e 30-40 cm a resistência do solo à penetração. Os dados obtidos foram submetidos à análise de variância e as médias dos tratamentos, comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade. Utilizou-se, ainda, o método de agrupamento Tocher, com base na dispersão de Mahalanobis. A área sob MN apresentou menor resistência à penetração, menor densidade do solo e maior macroporosidade quando comparada às outras áreas, provavelmente devido à maiores valores de MOS. As áreas sob Cc e sistema agroflorestal SPCa foram similares quando avaliados os atributos Dp, Ds, Pt, Mip, Map e porcentagem de areia, argila e silte. As coberturas com Cc e MN foram similares quando considerados os atributos químicos e profundidades analisadas. Os manejos adotados na área do Cc obtiveram melhores resultados do que os adotados nos sistemas agroflorestais, nas camadas mais superficiais, melhorando, de maneira mais eficaz, a qualidade dos atributos químicos do solo. O uso agrícola do solo, mesmo em se tratando de culturas perenes, causou alteração nos atributos físicos do solo e degradaram a MOS em relação à sua condição original. Palavras-chave: Degradação do solo, qualidade do solo, café conilon, seringueira, pimenta-do-reino, coco, cacau, culturas perenes.
Considering an increasing demand related to Brazil's agricultural production becomes a need for greater and better understanding of how to keep it sustainable, it is important to keep a good soil for future crops have a suitable environment and it has good productivity. Studies about soil physical and chemical attributes allows a good indication of the quality of a given soil. In this sense, it was evaluated in this study changes in physical and chemical properties in areas with different uses within a property located in the city of Jaguaré-ES. The areas studied were under the homogeneous planting conilon coffee (Coffea canephora Pierre ex A. Froehner) (Cc); rubber tree (Hevea brasiliensis L.) (S); consortium with rubber tree and conilon coffee (SCc); consortium with rubber tree and coconut (Cocos nucifera L.) (SCo); consortium with rubber tree, black pepper (Piper nigrum L.) and cocoa (Theobroma cacao L.) (SPCa); and native vegetation (MN). The experiment was carried out by sampling in five installments of 6 x 6 meters on each use system. The chemical attributes were analyzed at 0-10, 10-20 e 20-40cm depths are: soil organic matter (SOM), pH, P, Ca, Mg, Na, K, Al, H + Al, sum of bases (SB), effective CEC (t), potencial CEC (T), base saturation (V) and Al saturation (m). The physical attributes analyzed at 0-10, 10-20 e 20-40cm depths were: texture, particle density, soil density, macro and microporosity and aggregate stability. At 15 and 30cm depths were analyzed hydraulic conductivity and 0-10, 10-20, 20-30 e 30-40cm penetration soil resistance. Data were subjected to variance analysis and treatment means were compared by Tukey test at 5% probability. It used also Tocher grouping method based on the Mahalanobis dispersion. MN had lower penetration soil resistance and soil density and higher macroporosity compared to other areas, probably due to the higher values of soil organic matter. The areas under Cc and agroforestry system SPCa were similar when evaluated particle density, soil density, total porosity, microporosity, microporosity and sand, clay and silt percentage. The covers Cc and MN were similar when was considered the chemistry and analyzed depths. The management adopted in Cc area performed better than adopted in agroforestry viii systems in the upper layers. It worked more effectively, improving the quality of soil chemical properties. The agricultural use of the soil, even in the case of perennial crops, caused changes in soil physical properties and degraded soil organic matter when compared with original condition.
URI: http://repositorio.ufes.br/handle/10/8254
Aparece nas coleções:PPGAT - Dissertações de Mestrado

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
tese_8173_60- Flavia Barreto Pinto.pdf2.28 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.